domingo, 15 de junho de 2014

O que me mata.


São só algumas palavras simples para gerar um sorriso,
e a falta delas para me sucumbir.
Não, os amigos não podem ir embora.
Eles tem que ser para sempre.
Sempre.
Imortais.
O que sera de mim sem a sua forma
de ler minha mente somente com o olhar,
de ter crises de riso sem motivos ?
Eu sem você, sou como um pássaro
que só tem uma asa e não pode voar.




eu amo você Thais Mara .

Nenhum comentário:

Postar um comentário